Mês de de maio, mês de Nossa Senhora.

Mês de de maio, mês de Nossa Senhora.  Os Evangelhos não nos falam muito da Mãe de Jesus. Mas dizem o que é essencial. Proponho fazermos ao longo deste tempo, uma peregrinação interior a partir dos momentos mais marcantes da vida de Maria descritos no Evangelho.

S. Marie des Anges Alves

14 e 15 de Maio de 2017

Maria junto de Jesus, no calvário Jo 19,25-27

Maria está lá, não foge à dor, aceita o sofrimento, em comunhão com o seu Filho. Marcada pela dor, está de pé, disposta a ir até ao fim. Sofre como mãe, está envolvida até ao mais fundo de si mesma em tudo o que está a acontecer. Já tinha vivido outros momentos de dor. Mas, no calvário, diante de Jesus que morre, a dor é bem diferente, é única. Quem permanece próximo das pessoas que sofrem conhece a angústia e as lágrimas, mas vive também o milagre da alegria, fruto do amor, da entrega até às últimas consequências. Maria, Mãe da escuta e da entrega, ajuda-nos a dizer contigo: eis a serva do Senhor faça-se em mim segundo a tua Palavra.

Ir. Maria dos Anjos