29-30 de Setembro Semeando a semente da santidade

Palavra de Deus: “Não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, a fim de conhecerdes a vontade de Deus: o que é bom, o que lhe é agradável e o que é perfeito.” Rom 12, 2

No primeiro dia do encontro vocacional, durante a sua conferência: o apelo à Santidade para os Jovens, hoje, a Madre Angèle mencionou que se a santidade equivalesse a não ter falhas, a ser perfeito isso significaria que ninguém poderia chegar ao estado de santidade. A Madre Angèle definiu a santidade não como um estado perfeito, mas a santidade É uma questão de AMOR. Amar à maneira de Jesus. Os Santos são os melhores exemplos. O caminho da santidade para os santos é o caminho do amor.

Tornamo-nos pessoas que amam e desejam amar cada vez mais, em cada dia, passo a passo, como Jesus nos ensina. Com a ajuda dos Santos, do Espírito Santo que está sempre connosco, com as nossas famílias, as nossas comunidades, os nossos encontros de fé e os nossos amigos, conseguiremos chegar lá. Deus semeia a semente da santidade nos nossos corações em todo o tempo! Sejamos boa terra…. 

 

Reflectir: Acreditais que estais a caminho da santidade? 

 

“Como cristão, devo ser conforme a Jesus Cristo;
estar revestido de Jesus Cristo;
incorporar-me à Jesus Cristo;
 devo viver a vida de Jesus Cristo,
para que a sua vida se manifeste no meu comportamento.” 

 

 - Bem-aventurada Maria Rivier –

 

Ir. Charitro

 

27-28 de Setembro Semeando a semente da esperança

Palavra de Deus: “Vinde e vede…”  Jo 1, 39 

 

Muitos jovens esperam hoje o nosso convite para conhecer Jesus Cristo através da nossa espiritualidade. É um apelo para que nos tornemos mais zelosas lançando-lhes o convite: “Vinde e vede…” É um desafio para nós. Jesus Cristo é alguém que seduz e continua a atrair jovens para Si. Poder transmitir a mensagem em palavras humanas e actividades é verdadeiramente obra do Espírito Santo.

Durante o encontro vocacional, tivemos a oportunidade de partilhar a nossa vida juntamente com os membros da “Juventude Rivier” (um movimento juvenil em Portugal). A sua presença e participação mostrou-nos uma face juvenil de Cristo. Nos nossos corações, trazemos a esperança de que Deus pode também inspirar mais jovens no nosso próprio meio para serem seguidores do seu Filho Jesus Cristo, sob a inspiração da nossa Bem-aventurada Fundadora.

Muitos dos nossos jovens estão à espera do nosso convite para se encontrarem com Jesus Cristo. Isto também nos leva a sermos mais zelosas em convidá-los para “Vir e ver…” 

 

Reflectir: Qual esperança hoje? Para nós e para o mundo? 

 

“Vai. Não tenhas medo. Serve.”

 

- Papa Francisco –

 

Ir. Charito

 

25-26 de Setembro Semeando a semente de amor

Palavra de Deus: Caríssimos, amemo-nos uns aos outros porque o amor vem de Deus, e aquele que  ama nasceu de Deus e conhece-0.» 1Jo 4, 7

A conferência da Madre Angéle: Apelo à Santidade para os jovens, hoje, tocou muito os corações. A santidade é um assunto de que os media não falam, mesmo é raro que se fale entre amigos. Na sua partilha convenceu muitos dos participantes que a santidade é um bem para o coração e para alma!

O caminho da santidade é o caminho do Amor. Os Santos são, antes de mais, seres humanos. Como nós, esforçam-se por amar fielmente. A Madre Angèle falou-nos dos exemplos de S. Pedro e S. Paulo, os grandes pilares da Igreja, Maria Madalena a pecadora pública, a mulher Samaritana junto ao poço, Santa Teresa de Lisieux, Madre Rivier e muitos outros. Os Santos são pessoas que viveram de maneira exemplar o caminho do amor. Santa Teresinha dizia: “Encontrei a minha vocação. A minha vocação é o amor. No coração da Igreja, minha mãe, eu serei o amor.” 

 

Refletir: O amor encontra um lugar especial na tua vida de cada dia? Nas tuas palavras e acções? 

 

Deus é Amor e n’Ele nada há que não seja amor.
O seu amor é como uma grande rio que não para de correr.

 

- Bem-aventurada Maria Rivier –

 

Ir. Charito

 

 

23-24 de Setembro Semeando a semente de paciência

Palavra de Deus: “O amor é paciente…” 1Cor 13, 4 

 

Os encontros internacionais colocam sempre uma realidade complexa de comunicação, em diferentes línguas. Isto tem sido visto com muita atenção na nossa Congregação. Agradecemos a Deus pelo dom das nossas tradutoras escritas e orais. Tendo estado em muitos encontros internacionais e vivendo agora como estrangeira em Itália, concluí que a língua não é obstáculo. Está na atitude. A atitude de paciência é um precioso instrumento para permitir a outros exprimir-se e serem compreendidos e vice-versa. No quinto dia do encontro vocacional, tivemos trabalhos de grupo com línguas diferentes e ficou provado que quando escutamos pacientemente, podemos perceber-nos uns aos outros e tornamo-nos criativos. O Pentecostes continua acontecer hoje! 

 

Reflectir: Sou capaz de escutar o outro com paciência? 

 

“O escutar com paciência é uma atitude do coração,
 um desejo genuíno de estar com o outro…”

 

- Anónimo –

 

Ir. Charito

 

21-22 de Setembro Semeando semente de generosidade

Palavra de Deus:                             “... Deus ama o que dá com alegria.” 2Cor 9, 7

 

 Uma menina chamada Hannah nasceu com síndrome de Down. Um dia, juntou-se a uma Fundação e ganhou um jogo com outra menina. Ambas ganharam um prémio de dois brinquedos de animais recheados de outros brinquedos. As duas outras jovens no jogo não ganharam nada. Hannah viu uma delas que não tinha tido nada e deu-lhe um dos seus brinquedos. Olhou para a outra ganhadora mas a jovem abraçava apertadamente os seus brinquedos e disse que gostava de todos. A Hannah prontamente deu-lhe o outro brinquedo e ficou sem nada. Vendo isto, a outra que ganhou deu o seu animal recheado a Hannah mas com grande hesitação. A Hannah abraçou-a com um sorriso e disse “obrigada”. A Hannah ensinou a rapariga a dar e a receber alegremente. (extracto de “Histórias Inspiradas” por um autor anónimo) 

 

Reflectir: Tens facilidade em partilhar e dar? 

 

“ A vida cresce  ao dar-se,
e enfraquece no isolamento e conforto.”

 

- Papa Francisco –

 

Ir. Charito